Pesquisar este blog

Carregando...

16 de novembro de 2010

ENTALHE - Minha Primeira Caixa Entalhada.

Minha primeira caixa entalhada. Tratamento de cedro. Entalhes na tampa e em todas as laterais. Parte interna forrada com veludo.
Clique nas imagens para poder vê-las com maior resolução.


Oi, pessoal!


Venho namorando com a idéia de fazer entalhe já a bastante tempo. Na verdade, é algo que sempre quis fazer desde muito jovem. Esse me parecia ser um objetivo difícil de atingir porque não se encontram cursos e material de entalhe com facilidade, principalmente no tipo de trabalho que eu tinha em mente fazer.

A alguns meses atrás, entrei em contato com o trabalho de Gary LeMaster, exímio entalhador de ovos cujo trabalho pode ser visto aqui mesmo no blog. Ele nos visitou deixando, inclusive, um recado nos comentários, o que foi motivo de muita alegria e honra para mim por ser ele uma assumidade no assunto, conhecido internacionalmente, com muitos colecionadores de suas peças ao redor do mundo todo. Até chegar no nível dele tenho que comer muuuito arroz com feijão - rs. Junto com o incrível trabalho dele descobri um maravilhoso aparelho de entalhe chamado Turbo Carver. Era a resposta que eu procurava!

Essa peça, ao lado, foi meu primeiríssimo trabalho de entalhe. Foi com ela que eu entrei em contato com o aparelho e as peças pela primeira vez e tive que aprender na base da tentativa e erro para o que cada uma servia, além de me acostumar com a potência do aparelho, o que dava e o que não dava para fazer com ele, o que seria exigido de mim durante a execução do trabalho, etc. Foi com essa caixinha que aprendi que o entalhe, basicamente, é se retirar a parte negativa do desenho, ou seja, o fundo. O que sobra, é o entalhe.

D entra o trabalho nas laterais, de modo que acompanhem o desenho que vemos de cima (trabalho em 2D). Isso é parte fundamental do trabalho. São elas que vão distinguir entre um trabalho bem feito, com esmero e outro feito de qualquer jeito, principalmente para quem pegar a peça na mão. Não tem como esconder ou disfarçar algum defeito quando uma peça é analisada pessoalmente, ao vivo. Uma peça bem feita sempre será muito mais valorizada ($$$) do que outra mal feita. Quanto mais perfeita, melhor. Então, dedico meus esforços no sentido de sempre fazer o melhor que eu puder, seja nesse ou em qualquer outro trabalho que faça.

Fazer o fundo com a mesma altura é outro desafio. Depois de um tempo, tive a idéia de colocar um grampo de cabelos no lado do aparelho, com a ponta maior para fora, de modo que as brocas não ultrapassassem um determinado limite - como podem ver na foto, abaixo. Isso facilitou muito essa parte. Mas, mesmo assim, requer atenção constante.


Esse aparelho (clique para ler) como podem ver é do tamanho de uma caneta, muito leve e trabalha com brocas que têm o tamanho das brocas usadas pelos dentistas, ou seja, são bem pequenas (veja o tamanho delas em relação ao meu dedo) e permitem o entalhe de elementos igualmente pequenos, de modo que é possível se fazer um trabalho muito detalhado e minucioso, meu principal objetivo. Funciona com compressão de ar. Tem uma potência insuperável de 400 mil rotações por minuto, ou seja, mais de 6 mil rotações por segundo, deixando longe os concorrentes como a Dremell, por exemplo, que gira a 35 mil rotações por minuto (0.58 por segundo).

Algumas
pessoas - ou mesmo muitas - podem pensar à primeira vista que tendo esse aparelho qualquer pessoa pode realizar esse trabalho. Bem... Pense mais uma vez! Não é fácil. Ele facilita o trabalho, mas não trabalha sozinho. É um trabalho bem lento, muito minucioso, requer muita dedicação e, acima de tudo, determinação. Estamos trabalhando com um aparelho que gira numa rotação incrível, retirando tudo o que vê pela frente. Qualquer descuido, a qualquer segundo, pode por a perder todo o trabalho. Os erros não podem ser concertados, em sua maioria.

O aparelho tem um soprador muito potente junto à parte onde colocamos as brocas, que não deixa acumular pó no local onde estamos entalhando- o que é, sem dúvida, uma grande vantagem ao trabalho. Porém, esse pó tem que ir para algum lugar, certo? Bem... Ele vai para todos os lugares - hehe! No ambiente inteiro onde estamos trabalhando, no cabelo, pele, roupas e, claro, nas nossas narinas e pulmões. Daí a necessidade de se trabalhar com uma máscara o tempo todo. O ambiente todo onde trabalhamos, também tem que ser bem protegido, coberto com lençóis velhos, etc.
Outra questão: o tamanho da peça a ser trabalhada e a grossura da madeira. Garanto que nunca mais pego peças grandes como essa ou com madeira fininha. Retirar grandes áreas do fundo com brocas tão pequenas é um trabalho imenso, demora demais para se finalizar. Entalhar em uma madeira que tenha espessura fina é outro desafio imenso. A gente fica com o coração na mão o tempo todo, com medo de furar - hehe! Imagine o Gary entalhando cascas de ovos? Nossa! Acho que eu iria parar no hospital com um ataque nervoso associado a um ataque cardíaco de tanta tensão! - hahaha! Por isso mesmo, decidi que de agora em diante só vou trabalhar peças pequenas e com madeira mais grossa.

Demorei mais de quatro meses para finalizar o entalhe dessa caixa. Muito em função da inexperiência e por uma somatória de tudo o que expliquei acima (tensão, barulho, claustrofobia da máscara, poeira interminável, etc). Mas, de uma coisa tenho certeza: simplesmente, amo fazer isso e não pretendo parar de jeito nenhum. Já tenho uma nova peça em andamento e ainda leva um tempo para eu terminar. Assim que estiver pronta, trago para vocês verem o resultado final combinado? Espero que tenham gostado.

Um beijo imenso, pessoal!

Lu Heringer :)



Aprenda a fazer LATONAGEM - Com as instruções e material correto, é fácil!! www.casadalatonagem.com



.

22 comentários:

Rose Frizeira Figueiredo disse...

Eu amei seu post. as peças ficaram lindas de vier. parabéns por esta conquista. bjos lindos e ótima semana. fica c Deus

Vânia Pôrto disse...

Lu,
Agora é aquele momento de dizer: AMAZING!!!
Fantástica compra e em mãos mais fantásticas ainda!
Sinceramente, dessa vez você superou qualquer expectativa! :)
Beijos amore!

Milai disse...

Parabéns Lu!
Uma bela peça para a qual é preciso uma paciência infinita...eheheheh
Bjs

Mirian Keller disse...

Parabéns, Lu! Que trabalho maravilhoso e minucioso! Devo dizer que você realmente é audaciosa e perseverante, escolheu um risco tremendamente cheio de detalhes logo de cara, e o que é melhor, deu certo e a peça ficou linda! Você é demais, menina! Beijos.

liruvi disse...

Preciosa te ha quedado la caja, si que es dificil el haacer bien un pirograbado.
Enhorabuena por tu trabajo tan bien hecho.
Besos Liruvi

Gisela Marini Dias disse...

Uau Lu, sempre nos surpreendendo com suas artes.
Que lindo! Vou até procurar saber sobre o aparelhinho.

beijão :)

marilene amorim disse...

minina de Deus!!!!!!!!!! que maravilha de trabalho!!!!!!! e que paciencia para fazer tantos detalhes com tanta perfeiçao!!! parabena, parabens, parabens!!!!!!beijos no seu coraçao.

Estanisartes disse...

Oi Lu
Que coragem memina!!!!!
Ficou maravilhosa.
Bjs

Lu Heringer disse...

Meninas, valeu de montão o incentivo!! Não é preciso coragem, não - hehe! Só muita determinação, vontade de fazer bem feito e amor pela técnica. Bem, isso eu tenho de sobra - rsrs.

LIRUVI, no és pirogravado. É ENTALHE - Creo que se diz 'MUESCA', en espanhol, pero no estoy segura.

Muito obrigada, mesmo, de coração, pelos recadinhos viu, queridas? Em breve, tem mais uma peça entalhada saindo.

Beijooooooo!!!

Lu Heringer :)

Sonia Facion disse...

Maravilhosa!!!! Parabéns pelo trabalho, hehehehe...trabalhão....

Bjks

Sonia

Daniella Mercês disse...

Boa noite Lú!
Muito bonito seu trabalho, parabéns!
Eu tinha um tio que fazia esse tipo de trabalho, até temos algumas peças dele aqui em casa...a diferença é que o material que ele usava para o entalhe era outro...mas seu trabalho me lembrou bastante o dele...sucesso!
Uma semana produtiva e iluminada, bjs!

Silmara disse...

Olá Lú, encontrei seu blog passeando na net, já tinha assistido à uns vídeos seu no youtube, seu trabalho é muito lindo e detalhista, amei muito e peguei umas dicas muito proveitosas. Abraços, e faça uma visitinha no meu cantinho:
sonhartbiscuiteva.blogspot.com

Jamile Salim disse...

Fantástico o trabalho! Parabéns pela determinação! O resultado foi compensador para os nossos olhos, dirá para vc.
Vc merece aplausos!
Beijinho!

Anônimo disse...

oi Lu, parabéns
onde compro esta maquina de entalhe?
agradeço

Rosana disse...

Oi Lu,adorei seu blog e o video de patch assisti todos achei maravilhoso e gostaria de saber onde posso achar as placas de isopor e a máquina de entalhe essa sua caixa é de enlouquecer qualquer um qdo puder me faça uma visitinha levei seu link para o meu blog p/não te perder de vista beijos e até mais.Rosana

Rosimonica disse...

Lu,amei o estalhe,sempre achei maravilhoso esse trabalho.Como não poderia de ser o seu trabalho ficou espetacular. Como tudo que coloca as mãos.Eu gostaria de saber o nome da máquina e onde encontra-la,pois,sempre quis fazer aquelas placas de entrada de sítio,churrasqueira etc.A máquina é melhor que o ponsão!!! Vc a de convir comigo. Desde ja obrigada,sua maravilhosa artesã arteira.Beijos e fique com DEUS.

salva disse...

PARABÉNS SUAS PEÇAS SÃO MARAVILHOSA,FAÇO UMA BESTERINHAS AQUI NAS PRAIS DE SALVADOR QUANDO SOBRA TEMPO ,SOU SALVA-VIDAS GOSTARIA DE UNS TOQUE SEUS RSRSRS .BJÃ IMENSO COMO O MAR !

by nane disse...

Olá Lu...parabéns, muito lindo o seu trabalho.

Aonde encontro essa maquina?

Aguardo.

Bjs

Luiza disse...

Oi Lu, tudo bem, esta mesmo lindao,
estou encantada com seus trabalhos desde quando encontrei o seu blog há tres dias atras que nao consigo sair dele rsrsrs, Parabens, adoro artesanato, e faço algumas coisinhas mas nada que chegue aos pes dos seus , queria saber se aparelho "Turbo Carver" é ligado diretamente na eletricidade, ou precisa de um compressor, é que no site eu nao consegui entender direito esse ponto, agradeço se me responder.
beijos
PS SOU FÃZAAAAÇA DE ROBERTO CARLOS, MAS NUNCA FUI A UM SHOW DELE, POREM TENHO A ESPERANÇA DE UM DIA PODR IR A UM "EMOÇOES EM ALTO MAR" QUEM SABE.
SE PUDER DIGA QUE MANDO UM BEIJO TAMBEM PRA ELE, QUEM ME DERA UM DIA CHEGAR A CONHECE-LO PESSOALMENTE.
BEIJOS
LUIZA LYRA

disse...

lu todos os teu trabalhos são maravilhosos,estou elaborando um pedido de materiais para latonagem se pudesse me explicar ou tiver apostila ensinando como se faz o acabamento perfilado duplo na latonagem, e onde posso comprar o aparelho turbo carver porque ele é leve e tenho um problema nos braços e adoro fazer artesanato,moro na cidade de santa maria rs é muito dificil de conseguir material aqui,,beijos vcê é uma pessoa especial abençõada por Deus....

Lincoln disse...

Oi Lu,
Antes de mais nada, parabéns pelo seu trabalho. Ficou fantástico!
Gostei muito da sua matéria e pretendo tentar algum trabalho de entalhe!
Como eu nunca usei uma micro-retífica, gostaria que você esclarecesse algumas dúvidas, se possível:
1. Você falou que a Turbo Carver é excelente, mas que também é cara ... eu gostaria de saber qual a diferença prática entre ela e a Dremel. A Dremel faz a mesma coisa que a Turbo Carver faz? Para quem nunca usou, você poderia apontar as vantagens e desvantagens de cada uma?
2. A micro-retífica dispensa o uso dos formões e goivas ou o uso é conjunto?
3. Quais seriam as limitações das micro-retíficas para o entalhe?
Eu estou bastante inclinado a comprar uma Dremel (por ser mais barata).
Agradeço antecipadamente,
Abração.

Matilde Fedatto disse...

Parabéns Lu, gostei muito de ver sua postagem. Estou ansiosa por iniciar algo semelhante. Tenho pesquisado muito a respeito e nas minhas pesquisas dei de cara com o seu trabalho. Valeeeeuuu!

Um abraço.
matilde/ Londrina Pr
agosto de 2014